Suplemento de café verde ajuda a queimar gordura e emagrecer

0

Suplemento de café verde ajuda a queimar gordura e emagrecer

A história do café começou no século IX. O café é originário das terras altas da Etiópia (possivelmente com culturas no Sudão e Quênia) e difundiu-se para o mundo através do Egito e da Europa. Mas, ao contrário do que se acredita, a palavra “café” não é originária de Kaffa, local de origem da planta, e sim da palavra árabe qahwa, que significa “vinho”, devido à importância que a planta passou a ter para o mundo árabe.

Iêmen foi um centro de cultivo importante, de onde se propagou pelo resto do mundo árabe. O conhecimento dos efeitos da bebida disseminou-se e no século XVI o café era utilizado no oriente, sendo torrado pela primeira vez na Pérsia.

O café, no entanto, teve inimigos mesmo entre os árabes, que consideravam suas propriedades contrárias às leis do profeta Maomé. No entanto, logo o café venceu essas resistências e até os doutores maometanos aderiram à bebida para favorecer a digestão, alegrar o espírito e afastar o sono, segundo os escritores da época.

Em 1475, surgiu em Constantinopla a primeira loja de café, produto que para se espalhar pelo mundo se beneficiou, primeiro, da expansão do islamismo e, em uma segunda fase, do desenvolvimento dos negócios proporcionado pelos descobrimentos.

Gabriel Mathien de Clieu, oficial francês, foi quem trouxe para a América os primeiros grãos. Ingleses e portugueses tentaram a sua sorte nas zonas tropicais da Ásia e da África.

Atualmente, muito tem se falado sobre o café verde. Trata-se do café in natura, antes de ser torrado e um dos pontos para os quais o suplemento de café verde tem sido mais utilizado é o emagrecimento.

suplemento de café verde queimar gordura abdominal nutriela

Suplemento de café verde e o emagrecimento

O café verde ajuda a emagrecer porque tem a capacidade de absorver parte das gorduras ingeridas e também de controlar a absorção de açúcar pelo organismo. Além disso, o café verde contém mais cafeína do que o café torrado, o que contribui para acelerar o metabolismo.

O café verde difere do café torrado num composto muito interessante, chamado de ácido clorogênico. Esse ácido, que acontece naturalmente no nosso organismo, tem um sabor extremamente amargo, e por isso é removido do café que se bebe, pelo seu paladar indesejado.

O seu extrato ajuda a queimar a gordura de maneira mais eficiente, ao impedir a absorção rápida da glicose, dando uma grande ajuda a um dos órgãos que mais trabalha no nosso corpo, o fígado. Assim, o corpo tem a tendência de ir buscar a energia naqueles depósitos de gordura que desejamos que desapareçam.

Além de dar energia, um novo estudo aponta que o extrato dos grãos pode ajudar a emagrecer. Trabalho científico, da Universidade de Scranton, na Pensilvânia, Estados Unidos, o estudo sugere que o ácido clorogênico, presente apenas nos grãos não torrados, poderia auxiliar na perda de até 10% do peso.

Já um estudo publicado em Janeiro de 2012 na revista de estudos científicos “Diabetes, Metabolic Syndrome and Obesity” chegou à conclusão de que o café verde ajuda mesmo a emagrecer, os participantes do estudo perderam em média 8 quilos em doze semanas, sem mudar nada em sua dieta, e sem aumentar os exercícios físicos.

Claro que aqui não estamos procurando a pílula mágica, todos sabemos que sem dieta não chegamos a lado algum, e que emagrecer depende de uma mudança de atitude. Porém, o café verde pode ser um suplemento, ou seja, algo adicional, para ajudar a turbinar a dieta.

O café verde tem cafeína em concentração duas vezes maior do que no grão torrado, o mesmo utilizado para fazer o café que tomamos no dia a dia. Ele tem um ótimo efeito termogênico, sendo um aliado para os praticantes de atividade física e um “ajudante” em dietas que visam o emagrecimento.

Se você está com medo do excesso de cafeína, procure pelos suplementos com pouca ou nenhuma cafeína. Porem em minha concepção é fundamental incorporar uma atividade física que goste para a vida toda e seguir um plano alimentar harmônico e quanto mais colorido e variado melhor.

Outros benefícios do suplemento de café verde

Outro benefício do suplemento de café verde é a quantidade de antioxidantes, que chega a ser de três a cinco vezes maior. A cafeína, além de atuar como um termogênico natural, melhorando o metabolismo e favorecendo a perda de peso, também atua inibindo as substâncias responsáveis por induzir o sono e, assim, promover um maior estado de atenção.

Além disso, promove a oxidação de gorduras corporais e facilita a sua eliminação. A ação antioxidante do ácido clorogênico (presente no café verde) atua no combate aos radicais livres, os vilões do envelhecimento, e protege contra as radiações ultravioletas.

Seu diferencial é ser rico em cafestol e kahweol, substâncias que atuam no fígado e ajudam a induzir a ação da enzima GST encarregada da desintoxicação do organismo. O café verde mantém suas propriedades naturais e por isso emagrece mais do que o café torrado.

Suplemento de café verde: cuidados ao consumir

O café verde, não é recomendado para todas as pessoas, trata-se de um produto que apresenta contraindicações para quem tem hipertensão arterial. O café verde, assim como várias frutas verdes aumentam a tendência ao sangramento e devem ser evitadas nos pacientes portadores da hemofilia.

O café verde pode causar problemas em pacientes com tendência ao nervosismo, hipertireoidismo, gravidez e nutrizes (mulheres amamentando), gastrite crônica, úlceras gastroduodenais, problemas hepáticos e reumáticos. Estes casos sempre devem ter um médico assistente.

Fonte: Minha Vida

Gostou do artigo sobre o suplemento de café verde? Compartilhe com os amigos!

Share.

Leave A Reply

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.