Chá de Abacate (Guia Completo)

2

Chá de Abacate – Benefícios, Indicações, Como Preparar, Propriedades Terapêuticas

O abacateiro é nativo da America Central e México. Foi introduzido na América Tropical antes do século XVI. Do ponto de vista prático o uso mais frequente do chá de abacate em fitoterapia é como chá diurético.

A casca, frutas, folhas e sementes do abacate possuem propriedades medicinais.

Em diferentes partes do mundo, é indicado para tratar anemia, cansaço, colesterol alto, hipertensão, gastrite e úlceras duodenais. A polpa do abacate é utilizada para promover a menstruação e acelerar a supuração de feridas.

A espécie Persea spp faz parte da Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS (RENISUS), constituída de espécies vegetais com potencial de avançar nas etapas da cadeia produtiva e de gerar produtos de interesse do Ministério da Saúde do Brasil.

chá de abacate

Vitaminas e minerais do abacate

O fruto do abacateiro é uma boa fonte de vitamina A, algumas vitaminas do complexo B, C E, potássio (mais do que as bananas) e fibra, além de ser uma discreta fonte de ferro, contudo, é pobre em cálcio.

A sua fruta tem alto valor energético e o seu conteúdo mineral é considerado maior do que em qualquer outra fruta fresca. Por ser um fruto altamente calórico e gorduroso, o abacate não é indicado para pessoas que fazem regime para emagrecer ou manter o peso.

Nome Popular

Abacate, avocado, abacateiro, abacado, loiro-abacate.

Nomenclatura Científica

Persea americana Mill.

Chá de Abacate – Fórmula

Componentes: folhas secas, fruto, semente, óleo, botões florais. 50 gramas

Quantidade: água 1 L

Chá de Abacate – Orientações para o Preparo

Infusão. Usar 50 g de folhas secas em 1 litro de água.

Chá de Abacate – Propriedades Terapêuticas

O abacateiro possui propriedades digestivas, antioxidantes, antibacterianas, antifúngicas, peitorais, estomacais, anti-helmínticas e antidiarreicas. A sua celulose é afrodisíaca e emenagoga.

Chá de Abacate – Indicações

Indicada para abscessos, ácido úrico, afecções hepáticas, aftas, anemia, amigdalite, artritismo, indisposição, infecções da bexiga, bronquite, cansaço, caspa, cefaleia, cistites, cólica histérica, diarreia, disenterias, dispepsia, distúrbios da digestão, diurético, dor de barriga, dor de cabeça, eczemas do couro cabeludo, edemas, eructações, estomatite, estresse, febre intermitente, flatulência, gases intestinais, gota, hepatite, hipertensão, inchaço dos pés, indigestão, inflamações dos dedos, nutritivo, queda de cabelo, reumatismo, infecções dos rins, rouquidão, secreções catarrais, sífilis, tosse, tuberculose, uremia, uretrites, varizes, verminoses, vesícula biliar, vias respiratórias, vias urinárias, regularizar o fluxo menstrual, ativar a excreção biliar, liberar a menstruação.

Chá de Abacate – Modo de Usar

Uso Interno. Acima de 12 anos. Infusão. Usar 50 g de folhas secas em 1 litro de água. Tomar uma xícara de 3 a 4 vezes ao dia. As folhas devem ser usadas secas porque as verdes causam palpitações cardíacas.

Evite tomar grandes quantidades diárias do chá (mais de 2 xícaras/dia), pois sendo diurético pode reduzir muito a pressão arterial em pessoas que tenham essa doença. Procure tomar pela manhã.

Uso Externo. Decocção. Semente ralada. Fazer compressas e banhos locais, várias vezes ao dia. Ação anti-inflamatória.

Afrodisíaco

O macerado do caroço (sem a folha, nem cânfora) preparado com vinho branco ou álcool de cereais para se obter um extrato também é usado como afrodisíaco.

Deixar em infusão durante pelo menos 20 dias (quanto mais tempo melhor) em frasco de vidro escuro, protegido da luz. Procure agitar pelos menos uma vez ao dia. Depois de pronto pode-se tomar um cálice/dia.

Creme amaciante para face ou mãos

Polpa do fruto maduro, mel de abelha. Amasse, faça uma massa cremosa (1/4 da polpa, 1 colher de sopa de mel de abelha).

Aplique e deixe cerca de 30 a 40 minutos. Retire com água fria. Use pelo menos duas vezes por semana.

Dores de cabeça, dores reumáticas e contusões

A folha e a semente picadas colocadas em repouso durante pelo menos 5 dias combate dores de cabeça, dores reumáticas e contusões.

Infusão: 1 colher de folha picada, outra de semente ralada, 1 xícara de álcool de cereais a 60%, 1 pedra de cânfora. Aplicar nas partes doloridas com chumaço de algodão. Essa infusão é de uso tópico e não deve ser bebida.

Chá de Abacate – Advertências

O consumo em excesso pode aumentar níveis de colesterol em alguns casos. A polpa é muito rica em calorias e deve ser evitada por quem faz dieta para perder peso.

Já para atletas e para quem frequenta academia, desde que bem orientados, é uma boa fonte de energia. Sem contra-indicações ao uso externo.

Fontes Consultadas:

  1. Abukado / Persea americana/ Avocado : Philippine Herbal Therapy / Philippine Alternative Medicine.
  2. Leite, João Jaime Giffoni, et al. “Chemical composition, toxicity and larvicidal and antifungal activities of Persea americana (avocado) seed extracts.” Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 42.2 (2009): 110-113. (Composição química, toxicidade, atividade larvicida e antifúngica de extratos de semente de Persea americana – abacate).
  3. Plant Resources of South-East Asia: Persea americana Miller
  4. Pharmacognosy Review: The phytochemical and pharmacological profile of Persea americana Mill
  5. Universidade Federal do Paraná: Extração do óleo de abacate (Persea americana Mill.) visando a produção de biodiesel e sua caracterização
  6. The Plant List

Veja também:

Share.

2 Comentários

  1. Pingback: Chá de Alcaçuz (Guia Completo) - Nutriela

  2. Pingback: Chá de Alecrim-pimenta (Guia Completo) - Nutriela

Leave A Reply

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.