Chá de Açoita-cavalo (Guia Completo)

2

Chá de Açoita-cavalo: Benefícios, Indicações, Como Preparar, Propriedades Terapêuticas

Chá de Açoita-cavalo – Nativa do sul, sudeste e norte brasileiro, a árvore parece desenvolver-se melhor em mata atlântica, algumas até chegando a ser encontradas no cerrado.

A infusão da casca da árvore é utilizada na substituição de remédios industrializados, pois possui ação natural como antidiarreico, anti-inflamatório, antimicrobial, antipirético e adstringente.

Existe relato de que é também usada para outros fins: as folhas como diurético, as hastes como anti-inflamatório, a casca e partes aéreas para cicatrizar feridas e espinhas (acne); e lavagem vaginal.

Já foi averiguada a sua propriedade antifúngica.

A açoita-cavalo tem características medicinais, sendo usada na medicina popular para o tratamento de reumatismo, além de ter ação adstringente.

Os índios do Paraná e de Santa Catarina usam sua casca e suas folhas para descolorir o cabelo, no tratamento do câncer, de bronquite, gastrite, mal digestão e vermes.

Um estudo químico relatou os principais constituintes das cascas do caule e das folhas de L. divaricata e também as atividades antifúngica, antibacteriana e antiproliferativa dos extratos das cascas do caule.

Devido a quantidade de tanino presente na casca, assim como óleo, resina e mucilagem, o chá pode ser ministrado para o tratamento de muitas doenças.

A planta é melífera (suas flores fornecem néctar e oferecem facilidade para pouso das abelhas).

chá de açoita-cavalo nutriela chá ellegance 60 guia completo

Nome Popular

Açoita-cavalo, agoniada, açoita, açoita-cavalo miúdo.

Nomenclatura Científica

Luehea divaricata Mart.

Chá de Açoita-cavalo – Fórmula

Componentes: casca do caule e folhas. 1 xícara (café)

Quantidade: água 1L

Chá de Açoita-cavalo – Orientações para o Preparo

Infusão e Decocção. Usar 1 xícara (café) com pedaços de casca do caule para 1 litro de água.

Chá de Açoita-cavalo – Propriedades Terapêuticas

Adstringente, diurético, anti-inflamatório, cicatrizante, antifúngica, antibacteriana, antiproliferativa.

Chá de Açoita-cavalo – Indicações

Artrite, disenteria, hemorragia, reumatismo, leucorreia, tumores, feridas, acne, lavagem vaginal.

Chá de Açoita-cavalo – Modo de Usar

Uso Interno. Acima de 12 anos. Infusão. Usar 1 xícara (café) com pedaços de casca do caule para 1 litro de água. Tomar de 2 a 3 xícaras (chá) ao dia.

Uso Externo. Acima de 12 anos. Decocção. Usar 1 xícara (café) de casca picada em 1 litro de água fervente. Deixar esfriar, aplicar 3 vezes ao dia nos locais afetados.

Chá de Açoita-cavalo – Advertências

Não há registros de contra-indicações ou efeitos colaterais da erva, no entanto seu uso deve ser moderado e se possível orientado por um médico.

Veja também:

Fontes Consultadas:

  1. GRANDI, T. S. M. Tratado das Plantas Medicinais – Mineiras, Nativas e Cultivadas. Adaequatio Estúdio, Belo Horizonte. 2014.
  2. Química Nova (2005): Constituintes químicos de Luehea divaricata
  3. Top Tropicals: Luehea divaricata
  4. Instituto Brasileiro de Florestas (IBF): Açoita-cavalo
  5. Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais: Identificação de Espécies Florestais
  6. The Plant List: Luehea divaricata
Share.

2 Comentários

  1. Pingback: Chá de Agrião (Guia Completo) - Nutriela

  2. Pingback: Chá de Alcachofra (Guia Completo) - Nutriela

Leave A Reply

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.