Chá de Amora-preta (Guia Completo)

1

Chá de Amora-preta: Benefícios, Indicações, Como Preparar, Propriedades Terapêuticas

Chá de Amora-preta – Originária da Ásia, a amora se adaptou muito bem ao clima brasileiro, se tornando popular em várias partes do país.

A amora-preta é fruto da amoreira-silvestre ou silveira, uma planta medicinal com propriedades anti-inflamatória e antioxidante.

Suas folhas podem ser utilizadas como remédio caseiro para tratamento de osteoporose e cólicas menstruais.

Apesar de ser normalmente usada na gastronomia, a amora-silvestre possui uma série de propriedades medicinais que a tornam um excelente remédio natural.

Por conta de seus componentes químicos, é constantemente receitada para o tratamento de distúrbios no intestino e do estômago, tais como a diarreia, a gastrite e a inflamação intestinal.

Além disso, a amora-preta é usada em várias outras condições de saúde, incluindo diarreia, disenteria, hemorragias, hemorroidas, inflamação na boca, garganta (amigdalite) e tecidos do corpo, além de gota.

Além de ser uma fruta extremamente saborosa, suas cascas e raízes também podem ser aproveitadas. Isso porque contêm uma grande quantidade de taninos adstringentes que tornam a amora-silvestre indicada para o tratamento de pequenas feridas e cortes.

A amora pode ser consumida fresca, em sobremesas ou em sucos que podem ser utilizados para ajudar a tratar diarreias e inflamações nas cordas vocais.

Ela pode ser comprada normalmente em mercados, feiras livres e em lojas de produtos naturais.

Uso na Culinária:

A amora-preta é constantemente usada dentro da culinária, principalmente para o preparo de sobremesas, como recheio ou cobertura de doces como bolos e tortas.

chá de amora-preta nutriela chá ellegance 60 sachês guia completo

Nome Popular

Amora-preta, amora-silvestre, amora-negra.

Chá de Amora-preta – Nomenclatura Científica

Rubus fruticosus L.

Chá de Amora-preta – Fórmula

Componentes: folhas, flores, frutos e raízes. 1 colher (chá) folhas secas

Quantidade: água 150 mL

Chá de Amora-preta – Orientações para o Preparo

Infusão. Usar 1 colher (chá) em uma xícara de água.

Chá de Amora-preta – Propriedades Terapêuticas

  • Adstringente (constringe e tecidos e fecham poros no pele; causa constrição de mucosas na boca; contrai vasos capilares)
  • Anti-inflamatório (combate a inflamação nos tecidos)
  • Diurético (atua no rim, aumentando o volume e o grau do fluxo urinário)
  • Hemostático (agente medicinal estancador de hemorragias; anti-hemorrágico)
  • Refrigerante (substância refrescante)
  • Tônico Estomacal (favorece a digestão e pode até estimular o apetite em alguns casos)
  • Tônico Uterino (estimula a contração dos músculos do útero, comprime os vasos sanguíneos e reduz o fluxo)

Chá de Amora-preta – Indicações

A amora-preta possui propriedade diurética, antidiarreica, antioxidante, reguladora intestinal, cicatrizante, anti-inflamatória e antimicrobiana. Além disso, é rica em minerais e ferro, substâncias essenciais para a boa circulação sanguínea.

Além disso, a amora é capaz de normalizar a pressão arterial e melhorar as taxas de colesterol, diminuindo o risco de doenças cardíacas, controlar a glicose, prevenir artrose, osteoporose e obesidade e estimular a memória.

Chá de Amora-preta – Modo de Usar

Uso Interno. Acima 12 anos. Infusão. Usar 1 colher (chá) de folhas secas em uma xícara de água. Tomar 2 xícaras por dia.

Uso Interno. Acima de 12 anos. Decocção: Ferver duas colheres de folhas secas, ou raiz e casca em pó, juntamente com meio litro de água. Deixe a mistura esfriar e depois guarde-a em um recipiente vedado e higienizado.

O ideal é tomar um copo da bebida por dia, de preferência entre as refeições. Dessa maneira os efeitos medicinais da planta serão potencializados e o tratamento se torna mais eficaz.

Tratamento de feridas:

O ideal é fazer uma mistura das folhas secas, amassando-as até que virem uma pasta. Em seguida, deve-se aplicar essa mistura em cima do ferimento e deixar ali por algumas horas. Após, a região deve ser lavada para deixar oxigenar.

Chá de Amora-preta – Advertências

A amora deve ser consumida de forma controlada, uma vez que grandes quantidades podem resultar em diarreia. Além disso, o chá de folhas de amora não deve ser consumido durante a gravidez.

Veja também:

Fontes Consultadas:

  1. FERREIRA, Letícia Vanni. Produção de amora-preta, sistemas de condução, doses de torta de mamona e concentrações de cálcio e boro. 2012. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Pelotas.
  2. Rubus procerus – P.J.Müll. Himalayan Giant Blackberry. Plants for a Future.
  3. The Plant List
Share.

1 comentário

  1. Pingback: Chá de Amor-crescido (Guia Completo) - Nutriela

Leave A Reply

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.