Chá de Aroeira-da-praia (Guia Completo)

2

Chá de Aroeira-da-praia: Benefícios, Indicações, Como Preparar, Propriedades Terapêuticas

Chá de Aroeira-da-praia – A aroeira-da-praia é uma espécie nativa da América do Sul (sudeste do Brasil, norte da Argentina e Paraguai). Tem ampla distribuição nas regiões Nordeste, Sudeste e Sul do Brasil.

Aroeira é uma planta medicinal que pode ser utilizada como remédio caseiro para tratar doenças sexualmente transmissíveis e infecções urinárias em mulheres.

Aroeira-da-praia tem uso científico comprovado como anti-inflamatório e cicatrizante ginecológico.

A espécie Schinus terebinthifolius é uma planta medicinal listada pelo Ministério da Saúde como de interesse ao SUS (RENISUS), autorizadas pelo Ministério da Saúde para serem receitadas e distribuídas.

chá de aroeira-da-praia nutriela chá ellegance 60 sachês guia completo

Chá de Aroeira-da-praia – Nomenclatura Popular

Aroeira-da-praia, aroeira-vermelha, aroeira-verdadeira, abacaíba, aroeira-legítima, aroeira-mansa, aroeira-pimenteira, aroeira-do-campo, aroeira-do-sertão, fruto-de-sabiá.

Chá de Aroeira-da-praia – Nomenclatura Científica

Schinus terebinthifolius Raddi.

Chá de Aroeira-da-praia – Fórmula

Componentes: casca, pó da casca do caule. 100g

Quantidade: água 1L

Chá de Aroeira-da-praia – Orientações para o Preparo

Infusão e Decocção. Usar 100 gramas do pó da casca em um litro de água fervente.

Chá de Aroeira-da-praia – Propriedades Terapêuticas

A aroeira-da-praia possui propriedade adstringente, balsâmica, diurética, anti-inflamatória, antimicrobiana, tônica, cicatrizante e depurativa.

Chá de Aroeira-da-praia – Indicações

Reumatismo, sífilis, úlceras, azia, gastrite, bronquite, íngua, diarreia, cistite, dor de dente, artrite, distensão dos tendões, infecções da região íntima, anti-inflamatório e cicatrizante ginecológico.

Popularmente suas cascas são usadas na forma de cozimento, especialmente pelas mulheres, durante vários dias, em banhos de assento após o parto como anti-inflamatório e cicatrizante ou como medicação caseira para o tratamento de doenças do sistema urinário e do aparelho respiratório, bem como nos casos de hemoptise (sangramento proveniente das vias aéreas inferiores) e hemorragia uterina.

As folhas e frutos são adicionados à água de lavagem de feridas e úlceras.

Cascas e folhas secas são utilizadas contra febres, problemas do trato urinário, cistite, uretrite, diarreia, blenorragia, tosse, bronquite, problemas menstruais com excesso de sangramento, gripes e inflamações em geral.

Sua resina é indicada para o tratamento de reumatismo e ínguas, além de servir como purgativo e combater doenças respiratórias.

Chá de Aroeira-da-praia – Modo de Usar

Uso Interno. Acima de 12 anos. Infusão. Usar 100 gramas do pó da casca em um litro de água fervente. O chá feito das cascas é indicado para quem tem problemas de estômago. Basta adicionar o pó da casca na água fervente e depois tomar cerca de 3 colheres (sopa) por dia.

Uso Externo. Decocção. Tratamento de doenças de pele. Colocar 20 g de cascas de aroeira em 1 litro de água e deixar ferver por 5 minutos. Depois coar e passar na região a ser tratada.

Uso Externo. Acima de 12 anos. Decocção. Anti-inflamatório e cicatrizante ginecológico.Usar 1 grama de cascas do caule secas em 150 ml de água. Fazer banho de assento 3 a 4 vezes ao dia. Advertência: em caso de aparecimento de alergia, suspender o uso.

Uso Externo. Decocção. Gota, reumatismo e ciática. Banho. Ferver 26g de cascas de aroeira-da-praia em um litro de água. Tomar diariamente um banho de 15 minutos, tão quente quanto possível.

Uso Externo. Decocção. Gargarejos, bochechos, compressas, tratamento tópico de ferimentos de pele ou mucosas, infectadas ou não, hemorroidas, gengivas inflamadas. Cozinhar em 1 litro de água, 100g da entrecasca limpa e seca, quebrada em pedaços pequenos.

Uso Interno. Decocção. Azia e gastrite. Utilizar os frutos cozidos 2 vezes, cada vez com meio litro de água. Beber em doses de 30 ml duas vezes ao dia.

Chá de Aroeira-da-praia – Advertências

O uso da aroeira-da-praia não é indicado para quem tem a pele muito sensível ou quem tem problemas gastrointestinais, pois o consumo excessivo dessa planta pode ter efeito purgativo e laxante e desencadear reações alérgicas na pele e nas mucosas, sendo importante nesses casos só fazer uso da aroeira após indicação do médico ou do fitoterapeuta.

Além disso, o consumo por mulheres grávidas não é indicado, uma vez que foram notados alterações ósseas em um estudo realizado com ratos.

Em caso de aparecimento de alergia, suspender o uso.

Veja também:

Fontes Consultadas:

  1. DE LUCENA, Periguari HL. et. al. Avaliação da ação da Aroeira (Schinus terebinthifolius Raddi) na cicatrização de feridas cirúrgicas em bexiga de ratos. Acta Cirúrgica Brasileira. Vol 21. 2 ed; 46-51, 2006.
  2. MINISTÉRIO DA SAÚDE E ANVISA. Monografia da espécie Schinus terebinthifolius Raddi (aroeira-da-praia). 2014.
  3. ALMEIDA, E. R. Plantas Medicinais Brasileiras: conhecimentos populares e científicos. Editora Hemus, São Paulo (SP), 1993.
  4. Plantas que curam. Editora Três.
  5. LORENZI, H.; MATOS, F. J. A. Plantas Medicinais no Brasil – Nativas e Exóticas. Instituto Plantarum, Nova Odessa, 2.ed. 2008.
  6. CORRÊA, M. P. Dicionário de Plantas Úteis do Brasil. Ministério da Agricultura, Rio de Janeiro, 1991.
  7. LORENZI, H. Árvores Brasileiras. Instituto Plantarum, Nova Odessa (SP), v.2, 1998.
  8. Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais (IPEF): Schinus terebinthifoliusRaddi
  9. Instituto Brasileiro de Florestas (IBF): Aroeira pimenteira
  10. Formulário de Fitoterápicos da Farmacopeia Brasileira. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), 1ª ed. 2011.
  11. GRANDI, T. S. M. Tratado das Plantas Medicinais – Mineiras, Nativas e Cultivadas. Adaequatio Estúdio, Belo Horizonte. 2014.
  12. The Plant List: Schinus terebinthifolia Raddi
  13. Wikipedia: Aroeira-vermelha
  14. Flora do Brasil
Share.

2 Comentários

  1. Pingback: Chá de Arruda (Guia Completo) - Nutriela

  2. Pingback: Chá de Avenca (Guia Completo) - Nutriela

Leave A Reply

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.