Chá de Jurubeba: Combate Anemia, Desordens Digestivas e Problemas no Fígado

2

Chá de Jurubeba: Combate Anemia, Desordens Digestivas e Problemas no Fígado

Chá de Jurubeba: a planta é nativa das regiões Norte e Nordeste do Brasil.

A jurubeba verdadeira é uma planta arbustiva, com espinhos, suas folhas novas tem o formato de coração que, mais tarde, se dividem em lóbulos.

A jurubeba contém espinhos na folha, de ambos os lados, e nos ramos. Os frutos são redondinhos, em cachos, ficam amarelos quando maduros e não ultrapassam 2 cm de diâmetro.

Chá de Jurubeba Combate Anemia, Desordens Digestivas e Problemas no Fígado

Chá de Jurubeba Combate Anemia, Desordens Digestivas e Problemas no Fígado

Chá de Jurubeba Benefícios:

Devido às muitas atividades farmacológicas da jurubeba pela Farmacopeia Brasileira, a planta é citada oficialmente para o tratamento de anemia, desordens digestivas e problemas no fígado.

Os princípios ativos amargos estimulam a produção de secreções gástricas e biliares facilitando a digestão.

Apresenta propriedades estimulantes das funções digestivas, descongestionante muito eficaz contra afecções do estômago, do baço e do fígado.

Estimula a secreção e eliminação da urina e apresenta atividade sobre o coração.

Ação antioxidante da Jurubeba:

Uma pesquisa publicada em 2013 na revista científica BioMed Research International mostrou que o fruto da jurubeba apresenta um alto valor antioxidante devido ao seu teor de polifenois e vitamina C.

Outros princípios ativos da planta são esteroides, saponinas, glicosídeos e alcaloides, presentes em maior quantidade nas folhas, raízes e caule.

A jurubeba (Solanum paniculatum) faz parte da Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS (RENISUS), constituída de espécies vegetais com potencial de avançar nas etapas da cadeia produtiva e de gerar produtos de interesse do Ministério da Saúde do Brasil.

Chá de Jurubeba Nome Popular:

Jurubeba, jurubeba-verdadeira, jupeba, juribeba, jurupeba, gerobeba, joá-manso.

Jurubeba Nome Científico:

Solanum paniculatum L.

Receita Chá de Jurubeba:

Componentes: planta inteira. 2 colheres (sopa)

Quantidade: água 1L

Chá de Jurubeba Como Preparar:

Infusão. Usar 2 colheres (sopa) de folhas, frutos ou flores em 1 litro de água.

Chá de Jurubeba Propriedades Medicinais:

Anti-inflamatória, estimulante, laxante, tônica, descongestionante, digestiva, diurética, febrífuga, protetora do fígado, tônico vascular.

Chá de Jurubeba Para que Serve:

O chá de jurubeba é bom para combater afecções do fígado (icterícia, hepatite, insuficiência hepática), inflamações do baço, atonia gástrica, hidropisia, úlceras e feridas, febres intermitentes e convalescença de doenças infecciosas, prisão de ventre, cistite, anemia e auxiliar no tratamento do diabetes, dispepsia (distúrbios da digestão), doenças do fígado, tumores do útero e abdômen, anemia, problemas de bexiga, ressaca.

Suas raízes e frutos são ricos em propriedades diurética, estimulante, laxante e tônica que é eficaz contra diabetes além de purificar o sangue e desobstruir o fígado e o baço.

Chá de Jurubeba Como Fazer:

Uso Interno. Acima de 12 anos. Infusão. Usar 2 colheres (sopa) de folhas, frutos ou flores em 1 litro de água fervente. Tomar 3 xícaras de chá morno por dia, sem açúcar.

Uso Externo. Decocção. Gargarejos e cicatrização de feridas e acne. Coloque 1 colher (sopa) de folhas cortadas em pedaços bem pequenos em 1 xícara de água em fervura. Deixe ferver por 10 minutos e coe. Aplicar no local ou usar morno para gargarejos.

Uso Interno. Infusão das folhas, frutos ou flores. Ferver 1 litro de água e junte 2 colheres de sopa da erva picada. Abafe, coe e tome até 3 xícaras ao dia para tratar problemas de fígado, febres e debilidade do organismo.

Uso Interno. Suco de frutos e raízes. Indicado para tratar cistite, anemia, tumores, abcessos internos. Com mel de abelhas terá ação diurética e será bom para bronquite e tosse.

Uso Externo. Cataplasmas das folhas. Indicado para tratar feridas e úlceras, para lavar feridas, ulcerações, tumores. Em caso de erisipela, use o suco ou a infusão das folhas.

Uso Interno. Decocção das raízes. Combate o diabetes, prisão de ventre, dispepsias, baço inflamado. Macere folhas e frutos verdes em água fria, esprema e use como tintura ou, em vinho branco, e tome pequenas doses durante o dia.

Chá de Jurubeba Efeitos Colaterais e Contraindicação:

Doses acima da recomendada e por período de tempo acima do recomendado podem causar intoxicação com náuseas, vômitos, diarreia, cólicas abdominais, confusão mental, edema cerebral e morte.

A jurubeba pode ser usada de forma medicinal por um período de 15 a 21 dias, devendo haver um intervalo de pelo menos uma semana antes de recomeçar o uso do chá.

Veja também:

Fontes Consultadas:

  1. ÁVILA, L. C. Índice terapêutico fitoterápico – ITF. 2 ed. Petrópolis, RJ, 2013.
  2. TESKE, M.; TRENTINI, A. M.M. Herbarium compêndio de fitoterapia. 3 ed. Curitiba, 1997.
  3. SIMÕES, C.M.O. et all. Plantas da Medicina Popular do Rio Grande do Sul. Editora Universidade / UFRGS, Porto Alegre, 1998.
  4. Portal Agropecuário (2013). Jurubeba (S. paniculatum) – planta medicinal para tratamento dos males digestivos.
  5. Instituto Brasileiro de Florestas (IBF): Jurubeba.
  6. The Plant List: Solanum paniculatum.
  7. Wikipédia: Solanum paniculatum.
Share.

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.