Chá de Laranja-amarga: Combate Obesidade, Calmante e Termogênico Natural

4

Chá de Laranja-amarga: Combate Obesidade, Calmante e Termogênico Natural

Chá de Laranja-amarga: a laranja amarga é originária da Ásia (Índia, Sudeste da China e Sul do Vietnã), sendo posteriormente introduzida e naturalizada na Europa e América.

A laranja-amarga é uma planta medicinal muito utilizada como um suplemento dietético no tratamento de indivíduos obesos por possuir ação inibidora do apetite.

Contém vitamina C, minerais como o potássio e fibras alimentares como a pectina.

A laranja-amarga é uma planta de origem asiática muito rica em sinefrina, um alcaloide de ação adrenérgica que estimula a transformação de gorduras em energia.

Esse processo, conhecido como termogênese é o responsável pela oxidação das gorduras acumuladas (lipólise) e sua transformação em energia, auxiliando assim no emagrecimento.

Chá de Laranja-amarga Combate Obesidade, Calmante e Termogênico Natural

Chá de Laranja-amarga Combate Obesidade, Calmante e Termogênico Natural

Chá de Laranja-amarga Benefícios:

  • Promove a perda de peso;
  • É um ansiolítico natural;
  • Atua como sedativo leve;
  • Promove gasto calórico;
  • Promove aumento do nível energético;
  • Aumento da lipólise.

Estudos clínicos mostram que componentes da laranja-amarga aceleram o metabolismo, promovendo um maior gasto de calorias e, consequentemente, a queima da gordura armazenada.

Ligando-se a receptores encontrados no tecido gorduroso, ativa o metabolismo e a queima de gordura sem interferir no sistema cardiovascular.

Com a prática de atividade física, os benefícios do chá de laranja-amarga são potencializados.

Além da queima de gordura gerar mais energia, a laranja-amarga estimula a liberação de adrenalina, fato que contribui com a melhora da performace e aumento da massa magra no caso da prática de sessões de musculação.

Também disponibiliza aminoácidos para a formação da proteína indispensável para a construção e manutenção da musculatura.

A laranja-amarga tem uso científico comprovado como ansiolítico e sedativo leve.

Possui propriedade digestiva, melhora a absorção dos nutrientes e protege o estômago. É diurético e tem fitonutrientes que desintoxicam o fígado.

Pode ser consumida em forma de compotas, geleias e doces em geral, além de ser encontrada na forma de óleo essencial em lojas de produtos naturais e para emagrecer.

Chá de Laranja-amarga Nome Popular:

Laranja-amarga, laranja-azeda, laranja-cavalo e laranja-da-china.

Laranja-amarga Nome Científico:

Citrus aurantium L.

Receita Chá de Laranja-amarga:

Componentes: folhas, flores e frutos. 2 colheres (sopa)

Quantidade: água 1L

Chá de Laranja-amarga Como Preparar:

Infusão. Usar 2 colheres (sopa) de laranja-amarga picada em 1 litro de água fervente.

Chá de Laranja-amarga Propriedades Medicinais:

Antiartrítica, ansiolítica, alcalinizante, rejuvenescedora, laxante, inibidora do apetite, anti-inflamatória, anti-reumática, antiséptica, aperiente, calmante, anti-úlcerogênica, digestiva, relaxante, sudorífica, sedativo leve, febrífuga, estomacal, diurética, depurativa, carminativa, vermífuga, vitamínica, antidepressiva e antiescorbútica.

Chá de Laranja-amarga Para que Serve:

O chá de laranja-amarga é bom para tratar obesidade, prisão de ventre, dispepsia, diurese, estresse, escorbuto, gripe, insônia, acúmulo ácido úrico, febre, gases, artrite, dor de cabeça, distúrbios metabólicos, doenças respiratórias e cólera.

Chá de Laranja-amarga Como Fazer:

Uso Interno. Acima de 12 anos. Infusão. Ansiolítico e sedativo leve. Usar 1 a 2 gramas de flores secas em uma xícara de água, tomar após 5 minutos do preparo, de preferência no início da noite.

Uso Interno. Acima de 12 anos. Infusão. Adicionar 2 colheres (sopa) de laranja-amarga picada em 1 litro de água fervente. Tampar o recipiente e beber o chá pelo menos 3 vezes ao dia.

Chá de Laranja-amarga Efeitos Colaterais e Contraindicação:

Não deve ser tomado por portadores de pressão alta ou que tenham arritmias cardíacas, gestantes ou lactantes.

A essência da laranja-amarga também pode resultar em hipersensibilidade, sobretudo sob exposição solar após aplicações com loções.

Veja também:

Fontes Consultadas:

  1. Batistuzzo, J.A.O., Eto Y., Itaya M. Formulário Médico-Farmacêutico, Tecnopress, 1ª edição, 2000.
  2. MR, Loizzo et al. Evaluation of Citrus aurantifolia peel and leaves extracts for their chemical composition, antioxidant and anti-cholinesterase activities.
  3. Formulário de Fitoterápicos da Farmacopeia Brasileira. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), 1ª ed. 2011.
  4. Peris J.; Stübing G. y Vanaclocha B.: Fitoterapia Aplicada. Edit. Micof S. A. Colegio Farm. Valencia. 1995.
  5. FERRO, D. Fitoterapia: conceitos clínicos. São Paulo: Atheneu, 2008.
  6. ARBO, M.D. Avaliação toxicológica de p-sinefrina e extrato de Citrus aurantium (Rutaceas). Monografia. (Pós Graduação em ciências Farmacêuticas). Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008.
  7. Wikipédia: Laranja-azeda.
  8. The Plant List: Citrus x aurantium.
Share.

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.