Chá de Linhaça: Ajuda Emagrecer, Alivia TPM, Fortalece Coração, Energético

5

Chá de Linhaça: Ajuda Emagrecer, Alivia TPM, Fortalece Coração, Energético

Chá de Linhaça: a linhaça é originária da Ásia. As sementes de linho são consumidas há mais de 6.000 anos e podem ter sido as primeiras sementes de superalimentos cultivadas pelo homem.

O linho foi cultivado na Babilônia já em 3000 a.C.

Há dois tipos de sementes de linhaça, a que possui cor marrom e a linhaça dourada. A linhaça marrom possui uma semente escura, de cor marrom-avermelhada, e é a mais cultivada.

A linhaça dourada, possui uma cor mais clara, em tons pastéis de amarelo com dourado e se adapta melhor aos climas frios, porém sua casca é um pouco menos resistente que a da linhaça marrom e o seu sabor é mais suave.

Chá de Linhaça Ajuda Emagrecer, Alivia TPM, Fortalece Coração, Energético
Chá de Linhaça Ajuda Emagrecer, Alivia TPM, Fortalece Coração, Energético

Benefícios do Chá de Linhaça:

  • Ajuda emagrecer;
  • Previne doenças cardiovasculares;
  • Melhora a saúde dos olhos;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Ajuda equilibrar os níveis de sódio no organismo;
  • Alivia os sintomas da TPM;
  • Ajuda na renovação dos tecidos da pele;
  • Promove mais energia e disposição.

A linhaça é considerada um dos alimentos mais poderosos do planeta, apresenta algumas evidências que ajuda diminuir o risco de doença cardíaca, câncer, acidente vascular cerebral e diabetes.

As propriedades da semente de linhaça ajudam a melhorar a digestão, reduzir o colesterol, equilibrar os hormônios, reduzir o desejo de comer açúcar, promover a perda de peso e combater o câncer.

A linhaça é enriquecida com alguns dos nutrientes mais essenciais e básicos que nosso corpo necessita, como as fibras, proteínas, magnésio, cálcio, fósforo, lignanas, dentre outros nutrientes e minerais.

A linhaça contém diversas propriedades muito úteis para o tratamento de diversas doenças, ela aumenta a defesa orgânica e reduz o ritmo de envelhecimento das células. 

As sementes da linhaça (castanhas, bronzeadas ou douradas) são constituídas por proteínas, fibras alimentares, ômega 3 e ômega 6, tornando a linhaça um alimento funcional.

As sementes de linhaça são consideradas as mais ricas fontes de ômega 3 encontradas na natureza.

As lignanas da linhaça ajudam a combater altos níveis de estrogênio e ajudam na manutenção de níveis hormonais balanceados.

A linhaça é o vegetal com uma rica fonte de lignanas, que são usadas em dietas (as sementes de linhaça contêm cerca de 7 vezes mais lignanas que as sementes de sésamo).

As sementes contém energia e promovem saciedade no organismo (sensação de estar cheio), facilitando o controle de peso, emagrecimento e a redução de medidas.

Além disso, a planta contém grande quantidade de ferro, vitamina B6, potássio, zinco e cobre, essas características a tornam a linhaça um dos alimentos mais nutritivos e indicados para todos os tipos de dietas.

Na culinária, as sementes podem ser consumidas cruas ou cozidas e podem ser acrescentadas em cereais, pães, biscoito, molhos e iogurtes.

Para usufruir dos efeitos laxativos, pode ingerir diretamente duas colheres (sopa) das sementes (é necessário consumir bastante líquidos para o laxante ter o efeito desejado) ao dia.

O chá de linhaça possui propriedades emolientes.

Linhaça Nome Popular:

Linhaça, linho.

Linhaça Nome Científico:

Linum usitatissimum L.

Receita Chá de Linhaça:

Componentes: sementes (marrom ou dourada). 2 colheres (sopa).

Quantidade: água 150 mL

Como Preparar Chá de Linhaça:

Infusão. Usar 2 colheres (sopa) de sementes em 1 xícara de água.

Chá de Linhaça Propriedades Medicinais:

Analgésico, anti-inflamatório, antitussígeno, demulcente, emoliente, expectorante e laxativo.

Para que Serve Chá de Linhaça:

O chá de linhaça é bom para a bexiga, brônquios, cólicas intestinais, funcionamento intestinal, desobstruente, dor de estômago, febrite, garganta, hemorroidas, inflamação, próstata, prisão de ventre, pulmões, tumores, redução de colesterol ruim, sintomas de TPM, menopausa, combater a agressividade e a obesidade, sistema cardiovascular, sistema digestivo, sistema nervoso, ajudar aos rins a excretar água e sódio, sistema imunológico, alergias, lupus.

Como Fazer Chá de Linhaça:

Uso Interno. Acima de 12 anos. Infusão Fria. Usar 2 colheres de sementes colocadas à noite em 1 xícara de água fria e tomar pela manhã.

Uso Interno. Acima de 12 anos. Infusão. Colocar 500 ml de água em uma panela e levar ao fogo, quando a água chegar a quase alcançar o ponto de fervura, desligue o fogo e acrescente 4 colheres (sopa) de sementes de linhaça (marrom ou dourada).

Em seguida, abafe e deixe descansar por aproximadamente 10 minutos. Após isso, coe o chá e tome 2 ou 3 xícaras ao dia.

Uso Externo. Cataplasma quente das sementes amassadas sobre abscessos, resfriados do peito, dores em geral, cólicas intestinais, inflamação dos brônquios, pulmões, tumores e febrite.

Uso Interno. Usar uma colher de sementes, mastigadas, de manhã, em jejum para prisão de ventre.

Uso da Linhaça na Culinária:

Linhaças moídas podem ser usadas para substituir ovos em panquecas, biscoitos, bolos e bolinhos, pois ficam leves e úmidas.

Para o preparo é indicado moer as sementes de linhaça no liquidificador e guardá-las no freezer.

Ingredientes: 

  • 1 colher (sopa) de linhaça moída;
  • 3 colheres (sopa) de água potável.

Dica: moer 1 xícara de sementes no liquidificador e guarde o restante no freezer.

Preparo: 

  • Misture a farinha e a água em uma tigela pequena;
  • Deixar descansar por 1 a 2 minutos (fica muito espessa se ficar mais tempo).

Em algumas receitas bem líquidas as sementes de linhaça moídas podem ser agregadas diretamente aos componentes secos.

Chá de Linhaça Efeitos Colaterais e Contraindicação:

As sementes contêm uma quantidade pequena de ácido prússico, portanto, deve-se evitar usar as sementes não maduras (verdes), pois podem ser ligeiramente tóxicas.

Veja também:

Fontes Consultadas:

  1. FRANCO, L. C. L.; LEITE, R. C. Fitoterapia para a mulher. Corpomente, Curitiba (PR). 2004.
  2. QUEIROZ, R. G. O mundo mágico das plantas. Thesaurus Editora, Brasília (DF), 2003.
  3. Flax. Review of Natural Products. Facts & Comparisons 4.0. St. Louis, MO: Wolters Kluwer Health, Inc; February 2009.
  4. The Plant List: Linum usitatissimum.
  5. Wikipédia: Linho.
  6. ALONSO, J. Tratado de Fitofármaco y Nutracéuticos. Editora Corpus: Argentina, 1ªEd., 2004.
  7. ÁVILA, L. C. Índice terapêutico fitoterápico – ITF. 2 ed. Petrópolis, RJ, 2013.
  8. MOLENA-FERNANDES, C.A.; et al. Avaliação dos efeitos da suplementação com farinha de linhaça (Linum usitatissimum L.) marrom e dourada sobre o perfil lipídico e a evolução ponderal em ratos Wistar. Rev. Bras. Pl. Med., Botucatu, v.12, n.2, p.201- 207, 2010.
  9. NOVELLO, Daiana. Caracterização e propriedades da linhaça (Linum usitatissimun L.) e subprodutos. B.CEPPA, Curitiba, v. 29, n. 2, p. 317-330, jul./dez. 2011.
Share.

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.