Chá de Macela: Analgésico, Anti-inflamatório, Digestivo, Combate Disenteria, Aumenta Imunidade

3

Chá de Macela: Analgésico, Anti-inflamatório, Digestivo, Combate Disenteria, Aumenta Imunidade

Chá de Macela: nativa da América do Sul, é uma planta invasora muito comum em pastagens, beira de estradas e terrenos baldios.

A colheita da planta deve ser feita quando surgirem as inflorescências, ou seja, antes de estarem completamente maduras, aproveitando assim as suas qualidades terapêuticas.

Seu florescimento ocorre nos meses de março a maio e nessa época chama muito a atenção a sua coloração amarela-pálida.

chá de macela
Chá de Macela Analgésico, Anti-inflamatório, Digestivo, Combate Disenteria, Aumenta Imunidade

Benefícios do Chá de Macela:

O chá de macela é usado há centenas de anos pelos caboclos como digestiva e para aumentar a imunidade, entre outros fins.

Muitos de seus usos já foram validados pela ciência. Testes em cobaias comprovaram seus efeitos analgésicos e anti-inflamatórios.

A macela também parece agir contra bactérias causadoras de disenteria.

O óleo essencial é usado como calmante e ajuda na digestão. Os ácidos polifenólicos, por sua vez, dão uma força ao aparelho digestivo.

Já o efeito contra inflamações é garantido pelos flavonoides que atuam como estimulantes da circulação, reduzindo a fragilidade dos capilares.

Sua pronta absorção através da camada cutânea da pele tem demonstrado aumentar a circulação sanguínea periférica.

É tradição colher as flores da macela na semana santa, especialmente sexta-feira.

A macela tem uso científico comprovado como antidispéptico, antiespasmódico e anti-inflamatório.

Princípios Ativos da Macela:

O óleo essencial contém substâncias amargas (lactonas), pigmentos amarelos (bioflavonóides) e taninos.

Macela Nome Popular:

Macela, marcela, marcela-do-campo, losna-do-mato, camomila-nacional, alecrim-de-parede, macela-amarela, macelinha.

Macela Nome Científico:

Achyrocline satureioides (Lam.) DC.

Receita Chá de Macela:

Componentes: sumidades floridas secas. 1,5 g

Quantidade: água 150 mL

Como Preparar o Chá de Macela:

Infusão. Usar 1,5 g de sumidades floridas secas em uma xícara de água.

Chá de Macela Propriedades Medicinais:

Anti-inflamatória, antidispéptico, antiespasmódico, calmante, bactericida, antidiarreica, miorrelaxante, antiespasmódica, digestiva, estomáquica, emenagoga, antidispéptica, antiviral.

chá de maçã

Para que Serve o Chá de Macela:

A macela possui efeito relaxante muscular, sedativo suave e aumenta a imunidade, problemas digestivos, flatulência, má digestão, colecistite, diarreia, cólica abdominal, azia, contrações musculares bruscas, disfunções gástricas, inapetência, disenteria, distúrbio menstrual, dor de cabeça, cistite, nefrite, tosse.

Como Fazer Chá de Macela:

Uso Interno. Acima de 12 anos. Infusão. Usar 1,5 g de sumidades floridas secas em uma xícara de água. Tomar 3 xícaras ao dia. Indicado como antidispéptico, anti-inflamatório, antiespasmódico.

Uso Interno. Acima de 12 anos. Infusão. Usar 10 g de flores em 1 litro de água. Tomar 3 a 4 vezes ao dia, preferencialmente após as refeições. Indicado como digestivo.

Uso Externo. Acima de 12 anos. Infusão. Usar 30 g de flores em 1 litro de água. Aplicar na forma de compressas, 3 a 4 vezes ao dia.

Uso Externo. Compressa. Reumatismo (juntas e músculos), nevralgias, menstruação, cólica (intestinal e renal). Em um recipiente com água em fervura coloque uma peneira e sobre ela estenda um pano, de modo que não toque na água em fervura.

Espalhe sobre o pano 5 colheres (sopa) da erva picada. Tampe o recipiente e deixe nesse vapor quente por 10 minutos. Aplique o pano com a erva, ainda morno, nas partes afetadas. Cubra com flanela e deixe agir por 2 horas, ou durante toda a noite.

Uso Externo. Cataplasma e Banho por Imersão. Contra nevralgias, cólicas (intestinais e renais), menstruações dolorosas, dores articulares e musculares. Preparar a infusão com 5 colheres (sopa) da planta inteira picada em 1 litro de água fervente. Aplicar 3 a 4 vezes ao dia.

Insônia. Colocar dentro de uma almofada ou travesseiro uma porção da planta toda ou da flores e usar para dormir.

Chá de Macela Efeitos Colaterais e Contraindicação:

Em caso de ocorrência de alergia, suspender o uso. Cuidado, porque ela pode interagir com barbitúricos.

Deve ser evitada por gestantes, pessoas com hipoglicemia e diabéticos. Não confundir com a Losna (absinto).

A macela tem uma longa tradição como reguladora e promotora da menstruação.

Embora não haja estudos sobre a sua farmacocinética nestas condições, seu uso deve ser evitado por gestantes. Não há relatos de quem afetem a lactação.

Veja também:

Fontes Consultadas:

  1. BREMNESS, L. Plantas Aromáticas. São Paulo: Civilização, 1993, p. 34.
  2. CARIBÉ, J.; CAMPOS, J. M. Plantas que ajudam o homem. São Paulo: Pensamento, 11ª edição, 1999, p.185.
  3. Vieira, L. S. 1992. Fitoterapia da Amazônia.
  4. KISSMANN, K. G.; GROTH, D. Plantas infestantes e nocivas. São Paulo: BASF, 1ª edição, 1992, p. 145-147.
  5. MARTINS, E. R.; CASTRO, D. M.; CASTELLANI, D. C.; DIAS, J. E. Plantas Medicinais. Viçosa: UFV, 2000, p.144-145.
  6. Revista Fitos (2009). Plantas Medicinais Brasileiras: Achyrocline satureioides
  7. Formulário de Fitoterápicos da Farmacopeia Brasileira. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). 2011.
  8. ÁVILA, L. C. Índice terapêutico fitoterápico – ITF. 2 ed. Petrópolis, RJ, 2013
  9. TESKE, M.; TRENTINI, A. M.M. Herbarium Compêndio de Fitoterapia. 3 ed. Curitiba, 1997.
  10. The Plant List: Achyrocline satureioides.
  11. Wkipédia: Achyrocline satureioides.
Share.

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.