Chá de Melhoral: Expectorante, Combate Tosse, Bronquite, Febre, Gripes e Náuseas

0

Chá de Melhoral: Expectorante, Combate Tosse, Bronquite, Febre, Gripes e Náuseas

Chá de Melhoral: o melhoral é uma espécie nativa de regiões do Caribe, mas é popularmente utilizado na América do Sul.

As folhas e ramos da planta são utilizados em forma de extrato, chá, suco, xaropes e óleo vegetal.

Em algumas regiões esta planta é conhecida como “anador”, pois possui as mesmas atividades anti-inflamatória e analgésica desse remédio.

chá de melhoral
Chá de Melhoral Expectorante, Combate Tosse, Bronquite, Febre, Gripes e Náuseas

Benefícios do Chá de Melhoral:

O xarope e o chá servem como tratamento natural para a tosse, bronquite, febre, gripes e náuseas.

O óleo vegetal misturado ao macerado das folhas é digestivo. O extrato das folhas tem uso tópico para feridas e dermatites.

A finalidade mais conhecida e difundida da erva é como expectorante na forma de chás, que devem ser tomados de 2 a 3 vezes por dia pelo paciente em estado de gripe ou resfriado.

A erva melhoral possui triptaminas, substâncias com potencial alucinógeno baixo.

Outros constituintes da planta de importância medicinal são a cumarina (anticoagulante) e a umbeliferona, que juntas apresentam ação relaxante da musculatura lisa e anti-inflamatória.

As cumarinas conferem um odor agradável semelhante à baunilha, reforçando o efeito calmante. Estes efeitos aliviam os sintomas de mal estar e dores generalizadas características de quadros de gripe e resfriados. As preparações podem ser ingeridas ou usadas em forma de banhos.

A erva melhoral ou chambá tem uso científico comprovado como expectorante.

A espécie Justicia pectoralis faz parte da Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS (RENISUS), constituída de espécies vegetais com potencial de avançar nas etapas da cadeia produtiva e de gerar produtos de interesse do Ministério da Saúde do Brasil.

Melhoral Nome Popular:

Melhoral, anador, cerebril, chambá, carpinteiro, erva-de-santo-antonio, peristrofe, pingo-de-ouro, trevo-do-pará, trevo-cumarú.

Melhoral Nome Científico:

Justicia pectoralis Jacq. var. stenophylla Leonar.

Receita Chá de Melhoral:

Componentes: folhas e ramos. 2 colheres (sopa)

Quantidade: água 1L

Como Preparar Chá de Melhoral:

Infusão. Usar 2 colheres (sopa) da erva em 1 litro de água.

Chá de Melhoral Propriedades Medicinais:

Adstringente, analgésica, antibacteriana, anti-inflamatória, afrodisíaca, anti-reumática, anti-hemorrágica das vias urinárias, béquica, broncodilatadora, cicatrizante, expectorante, febrífuga, peitoral, relaxante da musculatura lisa, sedante nervoso, sedativa, tranquilizante.

chá de melhoral

Para que Serve Chá de Melhoral:

Asma, tosse, bronquite, chiado no peito, dores causadas por inflamação, afecção nervosa, afta, dermatite, catarro bronquial, cortes e feridas, fígado, gastralgia, gota, insônia, vias respiratórias. 

Como Fazer Chá de Melhoral:

Uso Interno. Acima de 12 anos. Infusão. Usar 2 colheres (sopa) da erva em 1 litro de água e levar ao fogo para ferver.  Assim que a mistura estiver com um forte aroma, a fervura deve ser interrompida. Em seguida, deve-se tampar o recipiente e deixar descansar até que o líquido fique morno. Antes de tomar é importante coar.

Como Utilizar o Chá de Melhoral:

O chá deve ser ingerido, no caso de adultos, entre 2 a 3 xícaras ao dia. Já para crianças a dose deve ser a metade da recomendada para adultos.

  • Três a sete anos: tomar 35 ml do infuso, logo após o preparo, duas a três vezes ao dia.
  • Acima de sete a 12 anos: tomar 75 ml do infuso, logo após o preparo, duas a três vezes ao dia.
  • Acima de 12 anos: tomar 150 ml do infuso, logo após o preparo, duas a três vezes ao dia.
  • Maiores de 70 anos: tomar 75 ml do infuso, logo após o preparo, duas a três vezes ao dia.

Chá de Melhoral Efeitos Colaterais e Contraindicação:

Por conter substâncias anticoagulantes, deve ser utilizada com cuidado por pessoas com problemas de coagulação e em caso de tratamento com anticoagulantes e analgésicos.

A planta contém pequena quantidade de triptaminas na sua composição e deve ter o consumo moderado, visto que as triptaminas têm potencial alucinógeno.

Veja também:

Fontes Consultadas:

  1. Formulário de Fitoterápicos da Farmacopeia Brasileira. ANVISA, 1ª ed. 2011.
  2. Revista Brasileira de Plantas Medicinais: Crescimento e produção de cumarina em plantas de Chambá (Justicia pectoralis Jacq.) tratadas com isoterápico.
  3. Horto didático de Plantas Medicinais do HU (UFSC): Chambá.
  4. Universidade Católica de Santos: Projeto Farmácia Verde.
  5. Globo Rural: Ervas medicinais.
  6. The Plant List: Justicia pectoralis.
  7. Wikipédia: Justicia pectoralis.
Share.

Leave A Reply

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.