Chá de Uvaia: Combate Infecções, Azia, Má Digestão, Gripes, Tosses, Diarreia e Disenteria

0

Chá de Uvaia: Combate Infecções, Azia, Má Digestão, Gripes, Tosses, Diarreia e Disenteria

Chá de Uvaia: a planta é nativa da Mata Atlântica, Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, mas pode ser encontrava em vários Estados. O nome é indígena, “uvaia” vem do Tupi e significa ”fruta ácida”.

Chá de Uvaia Combate Infecções, Azia, Má Digestão, Gripes, Tosses, Diarreia e Disenteria
Chá de Uvaia Combate Infecções, Azia, Má Digestão, Gripes, Tosses, Diarreia e Disenteria

Benefícios da Uvaia:

Atua como antioxidante, pois possui em sua composição boa quantidade de vitamina C, inclusive tem um teor quatro vezes maior que o da laranja, logo, ajuda eliminar as substâncias que degradam as células, evitando doenças oxidativas e o envelhecimento precoce.

A uvaia não possui nenhuma relação com a uva. É rica em vitamina C. Enquanto a laranja tem em média 40mg de vitamina C, a uvaia tem 200mg.

Além da vitamina C, a uvaia também possui vitamina A e óleos essenciais. Dentre os demais benefícios da fruta estão: combate diarreias, tratamento de gripes e auxílio para quem deseja emagrecer.

As principais ações da uvaia são o efeito anti-inflamatório e a atuação antioxidante, portanto, é possível dizer que o consumo da fruta pode auxiliar no tratamento de inflamações e ainda combater os radicais livres que podem prejudicar as células saudáveis.

A casca da uvaia é útil em casos de disenteria e diarreia. O consumo do fruto in natura é um ótimo refrigerante auxiliar no tratamento da azia e da má digestão.

O fruto possui polpa firme e muito suculenta, de cheiro e gosto fortes, lembra vagamente uma pitanga no sabor e pode ser fervido e misturado ao mel para fazer um xarope para combater gripes, tosse e resfriados.

A uvaia ainda ajuda no tratamento de problemas de irritação na garganta e problemas na voz.

Pode ser consumida in natura, apesar de ser ácida. A frutinha é bem alaranjada, clara e brilhante, do tamanho de um limão médio e de semente única e pequena com polpa farta.

Tem sabor ácido e doce, ideal para compotas, sorvetes e geleias. Pode ser consumida como sucos e aperitivos e servir de base para molho, vinagre, vinho, licor, doce de massa, pudim e mousse.

Uvaia Nome Popular:

Uvaia, eugenia, uvalha, uvaia-do-pêra, uvaia-do-mato.

Uvaia Nome Científico:

Eugenia pyriformis Cambess.

Receita de Chá de Uvaia:

Componentes: folhas, polpa, frutos e caule. 5 frutinhas com casca e sem caroço.

Quantidade: água 1L

Como Preparar o Chá de Uvaia:

Decocção. Usar 5 uvaias com casca e sem caroço e 1 pedaço de gengibre em 1 litro de água filtrada.

Chá de Uvaia Propriedades Medicinais:

Adstringente, digestiva.

Para que Serve o Chá de Uvaia:

Rica em vitamina C, a planta auxilia no combate da febre e da gripe. Sua casca é útil em caso de disenteria e diarreia.

O fruto é ótimo refrigerante auxiliar no tratamento de azia e da má digestão. Indicada para problemas de irritação na garganta e problemas de voz.

Indicada para controle da hipertensão arterial, redução do colesterol, em dietas de emagrecimento. Também atua na prevenção de doenças cardiovasculares, câncer e no envelhecimento.

Existe indicação da uvaia nos tratamentos de HIV, tumores, malária, processos inflamatórios e redução do ácido úrico.

Como Fazer o Chá de Uvaia:

Uso Interno. Infusão e Decocção. Usar 5 uvaias com casca e sem caroço e 1 pedaço de gengibre em 1 litro de água filtrada. Todos os ingredientes devem ser levados ao fogo e o chá estará pronto quando o líquido começar a ferver, cozinhando a fruta e a raiz. Esse processo costuma levar, aproximadamente, 10 minutos.

Após o tempo determinado, coe o líquido e espere esfriar um pouco. Se preferir, adicione mel ou melaço para adoçar e consuma logo em seguida. A dica é beber todo o chá durante o restante do dia.

Chá de Uvaia Efeitos Colaterais e Contraindicação:

O chá de uvaia não deverá ser reaquecido para não perder suas propriedades medicinais.

Veja também:

Fontes Consultadas:

  1. SCHMEDA-HIRSCHMANN, G., THEODULOZ, C., FRANCO, L., FERRO, E.B. & ARIAS, A.R. 1987. Preliminary pharmacological studies on Eugenia uniflora leaves: xanthine oxidase inhibitory activity. Journal of Ethnopharmacology 21:183-186.
  2. CONSOLINI, A.E., BALDINI, O.A.N. & AMAT, A.G. 1999. Pharmacological basis for the empirical use of Eugenia uniflora L. (Myrtaceae) as anthypertensive. Journal of Ethnopharmacology 66:33-39.
  3. Lunardi, I.; Peixoto, J.L.B.; Silva, C.C.; Shuquel, I.T.A.; Basso, E.A. & Vidotti, G.J. 2001. Triterpenic acids from Eugenia moraviana. Journal of Brazilian Chemical Society 12(2): 180-183.
  4. THEODULOZ, C., FRANCO, L., FERRO, E.B. & SCHMEDA-HIRSCHMANN, G. 1988. Xanthine oxidase inhibitory activity of Paraguayan Myrtaceae. Journal of Ethnopharmacology 24:179-183.
  5. The Plant List: Eugenia pyriformis.
  6. Wikipédia: Uvaia.

Share.

Leave A Reply

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.