Lista de alimentos bons para o cérebro

9

Conheça a Lista de alimentos bons para o cérebro

Adicione esses superalimentos à sua dieta diária, e você vai aumentar suas chances de manter um cérebro saudável para o resto de sua vida.

Não há como negar que à medida que envelhecemos cronologicamente, nossos corpo envelhece junto conosco. Mas a pesquisa está mostrando que você pode aumentar suas chances de manter o cérebro saudável, bom em sua velhice, se você adicionar estes alimentos “inteligentes” para o seu regime alimentar diário.

1.Nozes

As nozes possuem alto teor em antioxidantes, o consumo de nozes diminui o efeito nocivo dos radicais livres sobre o DNA das células cerebrais, prevenindo o desenvolvimento de tumores bem como a perda de capacidades cognitivas. O consumo de nozes reverte parcialmente o envelhecimento cerebral. Uma dieta à base de nozes, aumenta a eficiência das habilidades cerebrais, com uma melhora significativa na memória e na coordenação motora.

Uma dieta à base de nozes, aumenta a eficiência das habilidades cerebrais

Uma dieta à base de nozes, aumenta a eficiência das habilidades cerebrais

2.Café

Um recente estudo britânico descobriu que 20 a 30 miligramas de cafeína pode aumentar a capacidade cerebral – que é menos de uma xícara de café.

Café aumenta a capacidade cerebral

Café aumenta a capacidade cerebral

3.Peixe

Eles contém ômega 3 e pessoas com os menores níveis de ômega 3 em suas células sanguíneas tinham cérebros menores do que aqueles com níveis elevados, de acordo com um estudo recente em Neurologia .

Bom para o cérebro

O ômega 3 age na formação da bainha de mielina, um componente dos neurônios. Assim, ocorre a melhora do desempenho cognitivo, da atividade cerebral e comunicação entre as células do cérebro. O ácido graxo também conta com efeito vasodilatador e por isso ocorre o aumento do aporte de oxigênio e nutrientes.

Uma pesquisa realizada pela Northumbria University, do Reino Unido, observou que o consumo de peixe, alimento rico em ômega 3, semanalmente melhora a circulação cerebral e diminui os riscos de demência ao envelhecer.

Outras pesquisas apontaram a melhora do desenvolvimento escolar em crianças e adolescentes. Elas também observaram a diminuição do risco de doenças de Alzheimer e cansaço mental e a redução da ansiedade e da insônia após o consumo de alimentos ricos em ômega 3.

O consumo de peixes melhora a circulação cerebral e diminui os riscos de demência ao envelhecer.

O consumo de peixes melhora a circulação cerebral e diminui os riscos de demência ao envelhecer.

4.Espinafre

Cheio de magnésio, o espinafre pode ajudar a dilatar os vasos sanguíneos, aumentando o fluxo de sangue por todo o corpo e cérebro, de acordo com pesquisadores japoneses.

As folhas do espinafre possuem nutrientes como a vitamina E, K, que previnem o desenvolvimento de demência. Um estudo de 2006, concluiu que ingerir espinafres frequentemente nas refeições pode prevenir/atrasar o declínio cognitivo em até 40%. Se temperado com azeite de oliva, a absorção das vitaminas E e K são otimizadas/maximizadas.

 O espinafre pode ajudar a dilatar os vasos sanguíneos

O espinafre pode ajudar a dilatar os vasos sanguíneos

5.Azeite de oliva

O Azeite de Oliva possui poderosos efeitos antioxidantes de proteção para os tecidos, evita o dano causado pelos denominados radicais livres, que causam diferentes doenças como é o caso do câncer.

Além disso, possui gorduras saudáveis que ajudam a proteger o coração, obtendo uma ótima circulação sanguínea e conseguindo nutrir todas as células do corpo para que possam funcionar corretamente.

Os alimentos ricos em antioxidantes, então, entrariam em cena como fortes aliados na guerra contra o envelhecimento, não só do corpo, como do cérebro.

Para o bom funcionamento, o cérebro precisa de muita energia. O processo acaba resultando em resíduos, chamados de radicais livres. Os radicais livres são responsáveis pelo envelhecimento, provocando aterosclerose e facilitando as mutações celulares, fase inicial do câncer.

Além disso, a massa cinzenta do cérebro é feita, em grande parte, de material oxidável. Os alimentos ricos em antioxidantes atenuam os processos oxidativos, prevenindo a aterosclerose.

O Azeite de Oliva extra-virgem se destaca na função de proteger o cérebro e fortalecer o sistema imunológico. Enquanto os outros óleos são produzidos a partir de sementes, o azeite de oliva é extraído da fruta. A azeitona possui vários compostos antioxidantes, além de ser fonte de vitamina E.

O azeite de oliva possui gorduras saudáveis que ajudam a proteger o coração

O azeite de oliva possui gorduras saudáveis que ajudam a proteger o coração

6.Linhaça

É considerada como um alimento funcional, ou seja, que contém, além de seus nutrientes básicos (carboidratos, proteínas, gorduras e fibras), elementos que podem diminuir o risco de algumas doenças, pois seu uso contínuo pode proporcionar aumento da defesa orgânica e redução do ritmo de envelhecimento celular.

Na composição da semente de linhaça estão presentes proteínas, fibras alimentares e ácidos graxos poli-insaturados (Ômega 3 e Ômega 6), que lhe conferem a propriedade de alimento funcional. A Semente de Linhaça é a mais rica fonte de Ômega 3 existente na natureza.

Os investigadores do INSTITUTO CIENTÍFICO PARA ESTADO DA LINHAÇA DO CANADÁ e dos Estados Unidos, têm enfocado sua atenção no prol desta semente na prevenção e cura de numerosas doenças degenerativas.

Elas podem ser pequenas, mas eles são grandes em termos de proteínas e fibras. Adicione-os ao iogurte ou cereal para dar a seu cérebro um impulso.

O uso contínuo de linhaça pode proporcionar aumento da defesa orgânica e redução do ritmo de envelhecimento celular.

O uso contínuo de linhaça pode proporcionar aumento da defesa orgânica e redução do ritmo de envelhecimento celular.

7.Castanhas

As castanhas contribuem com diversos minerais e vitaminas, dentre eles, fósforo, magnésio, potássio, vitaminas do complexo B e vitamina E. São aliadas para manter uma boa saúde cardiovascular, o que se traduz na correta distribuição de sangue e oxigênio para todos os órgãos, sem deixar de mencionar, evidentemente, o cérebro.

São aliadas para manter uma boa saúde cardiovascular

São aliadas para manter uma boa saúde cardiovascular

8.Abacate

O abacate possui propriedades antioxidantes que ajudam a prevenir o envelhecimento e deterioração precoce da nossa saúde. Além disso, contém ômega 3, ideal para proteger o cérebro do desgaste prematuro.

 O abacate contém ômega 3 que é ideal para proteger o cérebro do desgaste prematuro.

O abacate contém ômega 3 que é ideal para proteger o cérebro do desgaste prematuro.

9.Cacau

O cacau consumido, é claro, com moderação, o cacau pode ajudar na boa saúde do cérebro, já que contém antioxidantes que evitam o envelhecimento prematuro do organismo e suas células, enquanto previne doenças do coração. Também é rico em magnésio, um mineral que ajuda na nutrição do nosso sistema nervoso.

O cacau previne doenças do coração

O cacau previne doenças do coração

10.Goji Berry

A goji berry é rica em vitaminas do complexo B, especialmente a B1, B2 e B6. A vitamina B1 ajuda no funcionamento do sistema nervoso, muscular e cardíaco e é responsável por participar do metabolismo da glicose. A deficiência deste nutriente pode causar lesão cerebral potencialmente irreversível. 

Pesquisas apontam a importância da vitamina B2 como fator de proteção contra doenças cardiovasculares e processos tumorais. Já a vitamina B6 auxilia na degradação da homocisteína, substância que quando está em excesso na corrente sanguínea pode aumentar os riscos de doenças cardiovasculares. Além disso, ela tem um papel importante no metabolismo das proteínas, carboidratos e lipídeos e sua principal função é a produção de epinefrina, serotonina, que proporciona bem-estar, e outros neurotransmissores.

O Goji berry contém a vitamina B1, que ajuda no funcionamento do sistema nervoso, muscular e cardíaco

A Goji berry contém a vitamina B1, que ajuda no funcionamento do sistema nervoso, muscular e cardíaco

Resumindo

Todos estes alimentos têm a capacidade de ajudar a melhorar ou a manter as funções de seu cérebro. Por isso, você deve inclui-los em sua alimentação e na de sua família.

Uma alimentação saudável e balanceada manterá seu corpo em ótimo estado por muito tempo, anime-se e opte em seu dia a dia pelo que seja natural e benéfico.

Veja também:

Você gostou dessa lista de alimentos bons para o cérebro?

Espero que você tenha gostado das informações e que use para ter mais Saúde!

E para receber mais dicas como essa, basta se cadastrar na nossa lista de e-mail para ser o primeiro a receber novas atualizações!

Share.

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.