11 coisas legais sobre os polivitamínicos que podem melhorar sua vida

3

11 coisas legais sobre os polivitamínicos que podem melhorar sua vida

As vitaminas e minerais são fundamentais para o bom funcionamento do organismo, pois participam da formação dos ossos e dentes, de hormônios e de enzimas, atuam na contração muscular e têm ação antioxidante. Por isso, é necessário atingir as recomendações diárias desses polivitamínicos, pois possuem nutrientes para a manutenção e fortalecimento da sua saúde.

1. O que são polivitamínicos?

Os polivitamínicos e poliminerais são suplementos compostos por uma combinação de vitaminas ou minerais, ou até os dois juntos, e são indicados para suprir a deficiência nutricional desses nutrientes ou complementar a dieta quando apenas o consumo alimentar não suprir essa necessidade.

2. Tipos de vitaminas e minerais

Com relação às vitaminas, os tipos existentes são divididos em lipossolúveis, ou seja, solúveis em gordura, por isso são melhores absorvidos quando consumidos com alimentos fontes de gorduras boas. Nesse grupo estão as vitaminas A, D, E e K. Já as vitaminas hidrossolúveis, como a vitamina C e todas do complexo B, não necessitam de gordura para absorção e são solúveis em água.

Já os minerais são classificados em macrominerais e microminerais. Os macrominerais são moléculas maiores como, cálcio, fósforo, potássio, magnésio e sódio e os microminerais são menores e compostos por cobre, ferro, manganês, selênio, zinco, entre outros. Em algumas fórmulas de complexo vitamínico, é possível encontrar os minerais quelados, que são uma forma melhor absorvida pelo organismo.

3. Como e quando consumir polivitamínicos?

As vitaminas e minerais são nutrientes essenciais em pequenas quantidades para o metabolismo adequado, sendo fundamentais para o correto funcionamento do nosso organismo. Entretanto, a maioria das vitaminas e dos minerais não podem ser produzidos pelo nosso organismo, por isso devem ser obtidos por meio de uma alimentação completa e equilibrada, que abrange todos os grupos alimentares. Uma das vitaminas que foge a essa regra é a vitamina D que pode ser produzida pelo nosso organismo a partir da exposição da pele ao sol, outro exemplo é a vitamina K, que é produzida pelas bactérias intestinais.

O grande problema é que muitas pessoas não conseguem ter uma alimentação saudável, ocasionando a deficiência desses micronutrientes. Nesses casos, o uso de suplementos polivitamínicos é uma boa opção para suprir às necessidades diárias de vitaminas e minerais.

4. Qual polivitamínico comprar? Qual é melhor?

Não é possível definir, de maneira geral, qual o melhor polivitamínico. Isso porque cada versão do produto é indicado para um tipo de pessoa, de acordo com sexo, faixa etária e necessidades nutricionais. Mas o que podemos fazer é indicar alguns pontos que devem ser levados em consideração na hora de escolher um complexo de vitaminas e minerais para complementar a alimentação.

O primeiro deles é ler atentamente à embalagem do produto e verificar quais os nutrientes que ele fornece. Assim, você poderá ver se ele tem o que o seu corpo está em falta e poderá descobrir se ele é realmente indicado para você.

Mas como saber que tipo de nutriente está em falta no meu organismo? Só consultando-se com um médico é que é possível ter a resposta. Mesmo que as deficiências nutricionais tragam sintomas, é o médico que dará a certeza de como as coisas andam no seu organismo. Isso também é importante para que você não compre um polivitamínico sem a necessidade e ingira vitaminas em excesso, algo que segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), pode causar ou agravar doenças.

5. A questão da hipervitaminose

Uma delas é a hipervitaminose, o envenenamento por vitaminas que é mais grave nos casos das vitaminas A e D, e traz como sintomas iniciais a pele seca, rachadura nos lábios, queda parcial das sobrancelhas e a diminuição e aspereza dos cabelos. A doença surge na maioria dos casos em decorrência do uso de determinados polivitamínicos e dificilmente por conta da alimentação.

Pelo mesmo motivo é importante tomar cuidado os polivitamínicos que trazem doses de nutrientes maiores do que 100% da ingestão diária recomendada (IDR) dessas substâncias, que ao serem acumuladas exageradamente no organismo, podem se tornar tóxicas. Hoje em dia, muitos estudos buscar mostrar que a IDR é baixa demais em alguns casos e a pessoa deve sim suplementar muito além desses valores, como por exemplo, a vitamina D para pessoas que não costumam pegar sol. Mas é preciso avaliar cada nutriente para não exagerar na vitamina ou mineral toxico em níveis muitos altos.

Verifique também se o produto contém todos os nutrientes básicos que compõe um polivitamínico: vitamina C, vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, vitamina B6, ácido fólico, vitamina B12, vitamina B5, biotina, vitamina A, vitamina D2 ou D3, vitamina K, potássio, selênio, iodo, zinco, borato, molibdênio, betacaroteno e ferro.

6. Qualquer pessoa pode usar suplementos polivitamínicos?

O complexo vitamínico é indicado apenas para pessoas que tenham carências nutricionais, já que o excesso de vitaminas e de minerais no organismo pode causar efeitos adversos e quadros de toxicidade. Por isso, antes de consumir esse polivitamínicos recomenda-se consultar um nutricionista, que irá avaliar a sua necessidade de reposição de multivitaminas e minerais.

7. Funções básicas dos minerais

  • Ação de enzimas e hormônios que modificam e regulam diversos processos fisiológicos
  • Formação de ossos e dentes
  • Funcionamento adequado dos neurônios
  • Contração dos músculos
  • Contração e relaxamento dos vasos sanguíneos
  • Manutenção do ritmo cardíaco

8. Importância das vitaminas

Veja as principais funções das vitaminas no organismo:

  • Suporte ao sistema imunológico
  • Ação antioxidante: neutraliza os radicais livres formados no dia-a-dia, prevenindo o envelhecimento precoce e o surgimento de algumas doenças
  • Fundamental para o metabolismo de energia, coagulação sanguínea e saúde dos olhos
  • Coenzimas: necessário para o funcionamento das enzimas (substâncias que aceleram e estimulam diversos processos biológicos importantes para o metabolismo)

9. Como tomar polivitamínicos?

A dosagem do suplemento vitamínico pode variar de acordo com a necessidade individual, e até com a recomendação do fabricante. Normalmente podem ser encontrados na forma de cápsulas ou comprimidos, devendo ser ingeridos com água.

10. Onde comprar polivitamínicos e poliminerais?

Se você deseja comprar polivitamínico, pesquise muito bem antes. Você vai encontrar diversas opções de excelente qualidade. Vale lembrar que antes de tomar polivitamínicos e suplementos de minerais é necessário consultar um médico ou nutricionista para saber suas reais necessidades.

11. O melhor polivitamínico do mundo (Natural)

Para evitar qualquer problema de saúde, você deve optar pelos alimentos naturais ricos em vitaminas, minerais e proteínas, a Goji Berry (cápsulas) possui todas as qualidades nutricionais que você necessita:

  • Rica em Vitamina A, C, e E, Cromo, Zinco, Selênio e 20 aminoácidos
  • Melhora o humor e regula o hormônio causador do estresse
  • Reduz o colesterol ruim (LDL) e protege rins e fígado
  • Melhora a aparência da pele, deixando-a mais bonita e saudável
  • Goji Berry tem mais nutrientes que a Chia
  • Tem uma quantidade enorme de vitamina C, muito mais que a Acerola
  • Queima gordura, tem efeito antioxidante e uma grande quantidade de fibras e polifenóis
  • A Goji Berry é rica em minerais (zinco e selênio) e polifenóis (antocianina e resveratrol) que combatem os radicais livres e favorecem o rejuvenescimento
  • Fonte de betacaroteno, protegendo a pele dos efeitos nocivos do sol
  • Tem vitaminas B1, B2 e B6, que atuam como anti-inflamatórios naturais, evitando, inclusive, as espinhas

–>> Aproveite que estamos com um preço incrível e rápida entrega, você encontra aqui! Confira! <<–

Veja também:

Gostou do artigo sobre os polivitamínicos e minerais? Compartilhe com amigos!

Share.

©Desenvolvido por  Loja Online Consultoria | 2014.